Zezé

É praticamente impossível chegar imune aos 30 anos sem que o assunto maternidade seja o protagonista de várias conversas. Para ser mãe, não é necessário viver uma gestação. Mulheres que não querem engravidar e parir são plenamente capazes de aprender a maternidade. É um engano que quando nasce um bebê, nasce uma mãe. Se assimContinuar lendo “Zezé”

Mindful o quê?

De Sêneca (filósofo romano que viveu dois mil anos atrás) ao “homem mais feliz do mundo”, como um simpático jornalista chamou o monge budista Matthieu Ricard (francês, hoje com quase 75 anos), passando por tanta gente decidida a explicar o sentido da existência humana, parece haver um ponto de trégua, um consenso: a essência daContinuar lendo “Mindful o quê?”

Minha dinda

Ariane Baldasso é a primeira mulher do meu núcleo familiar a entrar para a vida política. Entrou sem pedir licença. Entrou com 1654 pessoas que depositaram nas urnas a confiança na integridade que vem de dentro dela. Faltou pouco para ela dobrar os votos da primeira eleição que concorreu, em 2016 – e que foiContinuar lendo “Minha dinda”

Sobre os textos

Escrevo para o Jornal Contexto uma coluna quinzenal. O jornal impresso é de tiragem semanal e o único da minha cidade natal, Carlos Barbosa, na Serra Gaúcha.

Escrever, para mim, é uma experiência terapêutica: o papel me aceita, sem a necessidade de filtros ou de vocabulário impecável. Sem medo, com abraços. E tem coisa que só sai da gente assim. Escrever é um ato de liberdade. Desnudar-se para os outros e transparecer o agora.